PT EN FR
menu

Condições Gerais de Venda e Garantia

- Todos os produtos fabricados pela INCOMEF são garantidos contra defeitos de material ou de fabricação de acordo com o regime de Garantias vigente em Portugal, salvo acordo expresso em contrário.

- Sempre que um eventual defeito seja devidamente reconhecido pelos Serviços Técnicos INCOMEF, esta obriga-se à reparação do órgão defeituoso ou à sua substituição a realizar em horário normal de trabalho, não incluindo, nos casos em que os equipamentos se destinam ao mercado externo, nem os portes de envio (custos de transporte) desse material (peças de reserva ou para reparação servidas dentro do prazo de garantia) nem os custos de qualquer eventual deslocação e estada de uma equipa técnica da INCOMEF para fora de Portugal.

- Não são da responsabilidade da INCOMEF perdas ou danos ocasionados por qualquer deficiência do material, ainda que como tal reconhecida pelos seus Serviços Técnicos. Assim, qualquer reclamação invocando garantia nunca poderá compreender mais do que a reparação ou substituição do material que a INCOMEF tenha reconhecido como deficiente.

- A garantia só é válida com o cumprimento integral do plano de manutenção preventiva planeada, conforme definido no manual de instruções entregue com o equipamento.

- A garantia é anulada automaticamente em casos de alteração ou reparação dos equipamentos sem consentimento prévio da INCOMEF ou efectuada por outrem não autorizado.

- Não está incluída na Garantia a implementação de novas funcionalidades e alterações posteriores feitas ao equipamento.

- Não está incluída na garantia defeitos ou danos causados por má operação ou uso inadequado (como por exemplo excesso de carga) por parte dos utilizadores do equipamento (responsabilidade do cliente);

- Esta garantia não contempla a resolução de problemas resultantes, quer de deficiente manutenção dos equipamentos quer de erros resultantes da montagem quanto estas operações não são asseguradas pela própria INCOMEF.

- As presentes condições não impedem que outras sejam estipuladas para casos especiais.

- O Foro da Comarca do Porto é o único competente para julgar todos os casos de litígio.

Copyright © 2018 INCOMEF   |   Developed by Inovlancer Copyright © 2018 INCOMEF
Developed by Inovlancer